terça-feira, 1 de setembro de 2009

Gastronomia relevante

E quando te servem um prato de sapo traiçoeiro?

Engole?

Cospe?

Come (frio) aos poucos?

Esquece.
É melhor ir fazer poesia...

(Ai, que indigestão)

6 comentários:

Anônimo disse...

Ai, amiga! Se eu soubesse exatamente, eu te ensinaria. Cada caso é um caso. Siga seu instinto.

Um beijo, Sagesse.

Jéssica Trabuco disse...

Sempre nos servem sapo traiçoeiro neh?
Mas sabe oq faço? Quando ninguém vê jogo ele por debaixo da mesa!

=]

Jullyane disse...

O pior é que às vezes a gente tem que engolir em seco mesmo. =/

Beijos, linda

Elaine disse...

Olá!
Este é um comentário-convite.
Meu blog está completando neste mês um ano " no ar". Para celebrar a juntar gente interessante estou promovendo uma blogagem coletiva.
Ficarei feliz se você puder participar. Será um modo de divulgar seu espaço e conhecer outros blogs interessantes e que têm algo a dizer.
Conto por você.
O link para a inscrição é este:
http://elainegaspareto.blogspot.com/2009/08/convite-convocacao-pedido-promocao-ou.html
Elaine

Ellen disse...

Ah Coisas que realmente precisamos engolir. É a vida!

Um beijo.

Princesa Moderna! disse...

Depende... Mas as vezes somos obrigados a comer... É a vida! beijos