sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Poesias de sonhar

"Na parede de um botequim de Madri, um cartaz avisa:
'Proibido cantar'.

Na parede do aeroporto do Rio de Janeiro, um aviso informa:
'É proibido brincar com os carrinhos porta-bagagem'.

Ou seja: ainda existe gente que canta, ainda existe gente que brinca."
(Eduardo Galeano)

E todos os dias existe a chance do novo!
Um agradável feriado à todos!

6 comentários:

Dayane disse...

E ainda existem os que amam (graças a Deus!)

Novembro_ disse...

Sejam eles pessoas de todas a idades... A criança interior ainda reina!

Bami disse...

Ainda bem que ainda existe quem cante e quam brinque, senão a gente tava perdido.
Bjooss

Matheus Chatack disse...

Eu canto e brinco ainda, graças a deus. E nos lugares mais inapropriados, pior quando me proibe. Não resisto a uma plaquinha de "não pise na grama"

ju travaglini disse...

são esses que salvam o mundo no final!

beijinhos

Sagesse disse...

Nossa, apesar de eu detestar as ideias políticoas do Galeano, adorei o poeminha.

Um beijo!