segunda-feira, 30 de março de 2009

Encontro

"E durante muito tempo ela chamou, chamou...e não obteve resposta.
Ela falava, mas do outro lado parecia haver um mundo de nada...um vácuo que nunca iría se restaurar.Até chegou a ouvir uns passos, uns desesperos, porém não era isso que ela aceitaria como retribuição; ela queria mais, algo de grandes proporções, de equivalência exagerada.
E tantas vezes ficou muda...
Cansada, ela desligou.
Até que certo dia, centrada em seu mundo sério, o telefone tocou.Ouviu palavras nunca ditas à ela até então.E sentiu uma alegria inigualável ao perceber que ele desejava há muito tempo ouvir a voz dela.
Conversaram por horas, trocaram afetos, se entrelaçaram com uma vontade 'devorável'...e finalmente, encontraram um ao outro, para sempre."

2 comentários:

Jullyane disse...

Foi assim comigo também, há muito tempo eu queria alguém para me amar, me mimar e cuidar de mim. Quando eu não esperava mais tão cedo, ele apareceu na minha vida e a transformou, com um amor que me preencheu por completo.

Deus me deu, não aquilo que eu queria, mas aquilo que eu precisava.

Achei lindo o texto, me encontrei nele.

Beijos!

Jullyane disse...

Românticas e apaixonadas nós, não?