terça-feira, 9 de dezembro de 2008

...Natal...


Era uma noite de domingo.Um dia da semana que, por ter sido o primeiro dia deles juntos, normalmente era especial, mas aquele teve outra particularidade.
Final de novembro, que tem como sempre a magia de Natal chegando, a espera do nascimento do Salvador e um clima diferente tentando espalhar a paz pela cidade (a paz da cidade eu deixo para que os mais realistas comentem, dou espaço apenas à esperança que todos temos).É chegada a hora de exteriorizar todo esse sentimento natalino e iniciar com os enfeites de casa, então, ela pede ajuda à ele para instalar os pontinhos de luz no portão, sim, porque subir naquela escada 'corda-bamba' não faz muito parte de um trabalho feminino caseiro; de maneira cortes como de costume, não fez resistência ao pedido.
Longos minutos depois, tudo instalado, tudo em seu lugar como deve ser: só falta ligar...mediante a tal suspense, ele pede que ela fique à frente do enfeite.Ela sabe que aquelas palavras ditas por eles não saíram fortuitamente, e já atônita, atendeu...e ouviu:
-Feche os olhos, baby...pense no Pedro e na Júlia...
O coração dela ficara acelerado, ao pedido e ao pensamento.
E ouviu de novo:
- Abra os olhos!
E como mágica, havia pontinhos de luz não apenas no portão, mas no coração dela também.
- Agora imagina nós dois na nossa casa, com o Pedro e com a Júlia e os 'Natais' eternos que teremos reunidos.
E mais uma vez o universo pôde sentir e receber aquele amor eterno e persistente que os dois têm um pelo outro com a certeza do futuro abençoado por Deus e um sentimento mágico que só um grande amor possui.

3 comentários:

Jullyane disse...

Ai, que lindo de novo! Eu vou fechar os olhos e pensar em Isabela e Adriano Jr (o nome dos meus futuros filhos!) e com certeza imaginarei um futuro com natais e enfeites coloridos...

Beijos linda!

Jullyane disse...

Querida, tem meme pra vc lá no meu blog, tá?
Beijos!

Anônimo disse...

NOSSA...SEM PALAVRAS, VOCÊ LEMBRA DE TODOS OS DETALHES...