quinta-feira, 23 de julho de 2009

Daquilo que não é falta


Já é madrugada e eu ainda posso sentir você aqui.
O seu perfume pregado na minha roupa, o quarto desajeitado indiciando nosso aconchego, a toalha verde claro ainda úmida...e eu aqui com a caneta na mão e mil delírios no consciente procurando cruzar o papel com esses vestígios ao meu redor.
Só você consegue me fazer isso.
E como já dizia o 'poeta Russo', 'onde está você agora, além daqui dentro de mim?'.

3 comentários:

Bia disse...

Oi flor!
Estou aqui para divulgar meu bazar, o Estilo Bazar, sou nova aqui nos blogs.
Dá uma passadinha lá para ajudar e dar uma olhadinha (vai que você se interessa por algo, né?).
ah, e ainda tenho muuuitas coisas para postar, então as atualizações serão bem frequentes ;)
se puder linkar, me avise para eu poder retribuir!
beijão e muito obrigada!
(se já te mandei esse comentário, por favor me desculpe)

http://estilo-bazar.blogspot.com/

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Ai que lindo... parabéns pelas palavras.

Beijos

Jullyane disse...

Lindo, não tem outra palavra!

Beijos